Pastor Joanan cobra recolocação dos quebra-molas nos conjuntos João Alves e Fernando Collor

20 fev
Por: David 0 0

Pastor Joanan cobra recolocação dos quebra-molas nos conjuntos João Alves e Fernando Collor

A sessão inaugural de 2019 também contou com a presença do vereador Pastor Joanan em discurso para saudar os pares e desejar um bom ano legislativo. Joanan reafirmou o compromisso em defesa e melhoria da vida dos socorrenses. “É mais um ano que estamos aqui em defesa da comunidade, entendendo que a cada dia devemos atuar e continuar fazendo o nosso papel. Pois foi para isso que nós fomos eleitos. Para estarmos sempre em defesa da comunidade do povo socorrense”, o disse o Pastor Joanan.

O vereador também anunciou que protocolou indicações referentes ordenamento do transito das ruas do Conjunto João Alves e Conjunto Fenando Collor. Segundo ele, depois que o serviço de recapeamento asfáltico nas ruas desses conjuntos foi realizado recentemente, os redutores de velocidade (quebra-molas) foram cobertos pela nova pavimentação e com isso os carros não estão respeitando a baixa velocidade nos locais e o número de acidentes envolvendo pedestres e automóveis tem aumentado.

“Antes da pavimentação com asfalto, os quebra-molas estavam lá e depois do recapeamento eles sumiram. Com isso tem acontecido vários acidentes com veículos transitando pelas ruas dos conjuntos em alta velocidade. Na rua onde mora que é a 5 do João Alves já aconteceu acidentes e também na rua 8, um garoto que andava de bicicleta foi atropelado por um carro que estava acima da velocidade permitida no local”, denunciou o Pastor da tribuna da Câmara Joanan reivindica através de indicação que os quebra-molas sejam recolocados.

Joanan também se posicionou a favor do pronunciamento do vereador Alan Mota sobre o impedimento de alguns estudantes não poder usar o transporte escolar universitário. “Alguns estudantes me procuraram para dizer que a informação é que quem estuda em faculdade particular não tem direito ao transporte público porque pode pagar. Só que estes estudantes estão em faculdade particular, através de benefícios do governo.

Joanan cobrou do executivo para que as indicações apresentadas pelos vereadores sejam atendidas ou pelo menos respondidas. “Quero aproveitar a presença do secretário de administração Bruno Henrique para reivindicar que as nossas indicações sejam atendidas pelo executivo municipal. Das indicações feitas por esta casa, 85% delas não são atendidas e mais de 90%, nós não recebemos informações nenhuma da Secretaria de Governo sobre nossos pedidos. Acredito que a atual gestão vai atender os pedidos das lideranças, mas que atenda também os pedidos dos vereadores”, apelou Joanan.

As questões levantadas pelo Pastor Joanan receberam apartes e apoios dos vereadores José Robson, Hélio Passos, Alan Mota, Edson do Pai André e de Vagnerrogeris.

Acessibilidade